Em partida equilibrada, Goiás perde para o Atlético

Em uma partida disputada e com cinco expulsões, o Goiás perdeu para o Atlético Goianiense por 1 a 0. Com o resultado o time esmeraldino permanece na liderança do grupo A do Campeonato Goiano, com 24 pontos.

O Verdão muda o chip e volta todas as suas atenções para a Copa do Brasil. Na quarta-feira o Maior do Centro-Oeste vai até Curitiba, onde acontece o segundo jogo da terceira fase do torneio nacional contra o Coritiba. Como venceu a primeira partida, o Goiás joga por um empate para avançar na competição.

O jogo

A primeira boa oportunidade do clássico foi alviverde, Michael roubou a bola no campo de defesa e partiu em disparada até a entrada da área adversária, depois de um bate rebate a bola ficou com Júnior Viçosa, ele emendou para o gol, Klever conseguiu mandar para escanteio.

Felipe Garcia fez boa triangulação com Alex Silva e Léo Sena, a bola ficou com o camisa 7 que bateu de canhota, Klever fez a intervenção. Michael foi lançado na esquerda, conseguiu ganhar do zagueiro e passar para Breno, o lateral esmeraldino invadiu a área e bateu cruzado, a bola tirou tinta da trave esquerda rubro-negra.

Marcelo Rangel fez excelente defesa, após cruzamento da esquerda, Rômulo cabeceou a queima roupa, o arqueiro do Maior do Centro-Oeste esticou a mão direita e defendeu.

Segundo tempo

Na última jogada do primeiro tempo, Marcelo Rangel trombou com David Duarte e, no intervalo, deixou a partida, ele foi substituído por Paulo Henrique. O camisa 12 fez boa defesa na finalização cara a cara de Cristhian.

Aos sete minutos Paulo Henrique não pôde evitar o tento adversário em cobrança de falta de Tomas Bastos, 1 a 0. O Goiás respondeu pelo alto, Breno cobrou escanteio da esquerda, Viçosa ganhou da zaga e testou, a bola passou por Klever, Rômulo tirou em cima da linha.

Novamente a artilharia aérea, Breno cobrou novo escanteio pela esquerda, desta vez que surgiu no terceiro andar foi Alex Silva, ele cabeceou forte, Klever defendeu. Raphael Silva recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, o mesmo aconteceu com Rômulo, volante do Atlético.

Já no final da partida, Léo Sena cometeu falta e foi expulso pela arbitragem, houve uma confusão generalizada, e Bruno Rezende, árbitro da partida, optou por expulso Giovanni e Bruno Santos.


Voltar