Marcelo Rangel rompe ligamento cruzado e fica fora o restante da temporada

Na última sexta-feira, no Orlando Scarpelli, o Goiás venceu o Figueirense, por 2 a 1, e entrou no G-4. Mas o bom resultado e a vaga no grupo de acesso a primeira divisão dividiram espaço com uma notícia muito ruim. O goleiro Marcelo Rangel, se machucou no treino anterior ao jogo e foi substituído por Paulo Henrique, no banco de reservas, sentindo muitas dores e com muita dificuldade de pisar no chão. A preocupação era evidente e justificável. Rangel rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo (LCA).

 

Em entrevista coletiva o médico Matheus Machado informou que a lesão foi confirmada. O tratamento para esse tipo de problema é cirúrgico. 

 

“É realmente uma notícia triste, que faz parte da atividade do atleta. Estamos em processo de programação da cirurgia do Marcelo, que deve ser essa semana. É uma ruptura de cruzado anterior, como infelizmente nós tivemos outras esse ano, e vai ser seguido protocolo normal. Assim que ele tiver uma melhora clínica para operar, ele será operado e vai entrar no protocolo de recuperação normal como foi feito com os outros atletas que tivemos, “ ressaltou Matheus. 

 

Ney Franco, lamentou a lesão e valorizou a força do elenco.

“Todo atleta corre esse risco de lesão no futebol né, infelizmente isso aconteceu no nosso elenco agora com o Marcelo, que é um atleta que além de nos ajudar na parte técnica tem uma importância enorme dentro do grupo, é um dos líderes dentro do grupo. Logicamente que ele vai continuar iserido dentro do grupo conosco aqui, após a cirurgia, mas a gente vê como a perda de mais um atleta que poderia nos ajudar dentro de campo”, - completou o treinador.

 

Sem sequência

 

No dia 2 de junho, no duelo com Atlético-GO, pela 8ª rodada da Série B, Rangel  sofreu uma neurite vestibular. O problema fez com que o goleiro desfalcasse o Goiás. Rangel passou por todos os exames e tratamento e voltou a ficar à disposição, fez um jogo pela equipe de Aspirantes , e também estava figurando no banco de reservas do profissional , até a lesão no joelho tirar o jogador de campo novamente. Após a cirurgia a previsão é de 7 a 9 meses para o atleta voltar aos treinos.

 


Voltar