Profissional do Goiás integra comissão da CBF para desenvolvimento da base no país

O Coordenador de Seleções Edu Gaspar criou em 2018, uma comissão exclusiva para desenvolvimento das categorias de base em todo o território nacional, 10 profissionais das diferentes regiões e equipes que trabalham a muitos anos na gestão do futebol de base brasileiro, em grandes equipes como: Goiás Esporte Clube, Flamengo, Corinthians, Palmeiras, Vitória, América/MG, Avaí, Remo, Bahia, Internacional foram convidados a integrar este projeto, o Coordenador Administrativo da Base esmeraldina, Professor Hely Maia, foi um dos convidados a participar deste seleto grupo na CBF.

Leia também: CBF cria grupo para desenvolver o futebol de base 

Na terça (23), ocorreu o segundo encontro da comissão, que contou com a presença do Secretário geral da CBF  Walter Feldman, do responsável pelo registro de atletas, Reynaldo Buzzoni, sendo a pauta coordenada pelo responsável do CBF Social, Diogo Netto.

- É importante termos os clubes e profissionais que atuam nesta área no futebol brasileiro nos auxiliando neste processo. Temos algumas ideias, como a criação de competições nacionais sub-15 e adequação dos calendários sub-17 e sub-20, para que os jogadores disputem cada vez mais jogos de qualidade. Também queremos ouvir o que eles têm a propor e trabalhar juntos. Não é algo necessariamente para quem está aqui agora, mas essa iniciativa é para pensar medidas a curto, médio e, principalmente, a longo prazo - comentou Edu Gaspar.

 

Assista ao vídeo da CBF TV: CBF cria comissão para debater futebol de base

Temas relevantes para a qualificação da formação dos atletas no país foram discutidos e estabelecidas metas / ações a serem executadas a curto e longo prazo. 

O calendário do futebol de base em todo o Brasil, foi extremamente debatido e assim estabelecidas melhorias para a evolução e criação de torneios nacionais, para às diferentes faixas etárias. 

As duas atas destas reuniões foram realizadas pela empresa de auditoria Ernst & Young, uma das mais conceituadas empresas nesta área.

Leia também: CBF recebe Movimento de Formação do Futebol de Base para reunião

 

Na segunda (22), a ética entre as equipes foi tema de longa discussão, o grupo MFFB, que visa o respeito entre os times. Criado em 2012 e solidificado ao longo dos últimos anos, o MFFB é composto pelos executivos da base e representantes dos principais clubes brasileiros e discute a postura desses clubes em assuntos de interesse comum, como o assédio e aliciamento de jogadores, os contratos de formação, a possibilidade de mudança no alojamento de 14 para 12 anos e outros problemas inerentes ao processo de formação que possam surgir. O grupo tem como presidente o gestor da base do Flamengo, Eduardo Freeland, e compõem a diretoria: Carlos Brazil (Vasco), Pedro Smania (São Paulo), Paulo Bracks (América-MG) e Marcelo Teixeira (Fluminense).

O Goiás como detentor da Chancela CBF de Clube Formador, mantém uma equipe multidisciplinar para a formação global de seus atletas. Click aqui e confira toda a lista de clubes que conquistaram o selo da CBF CLUBE FORMADOR

Click aqui e confira todas as notícias sobre o Futebol de Base esmeraldino:

Diretor: Osmar Lucindo
Coord. Administrativo: Hely Maia
Coord. Técnico: Rafael Barreto
Supervisor: João Paulo Paranhos
Captação de atletas: Ismael Viana
Sub19: Augusto César
Sub17: Zé Carlos
Sub15: Guará
Sub14: Rubens Carlos
Auxiliares: Glauber, Richard e Niltinho
Preparação Física: Leandro Campos, Luis Gustavo, Ricardo Scagliusi, Rodrigo Guimarães e Felipe Barros

 


Voltar